Iron Maiden – São Paulo 2008

Publicado: 3 março, 2008 por Slash em Música, Noticias, Resenha
Tags:, , , , , , ,

Simplesmente fantástico! É tudo o que se pode dizer sobre essa apresentação do Iron Maiden. De longe o melhor show que eu já fui.

Os portões foram abertos às 15:00hs e havia uma fila quilométrica do lado de fora… Praticamente deu a volta no estádio Palestra Itália. Nem o sol de rachar que fazia aquela hora da tarde desanimava a horda de headbangers vestidos de preto esperando por ver o Iron Maiden.

Ao entrar no estadio, a galera ia se acomodando na pista, alguns batiam um rango, outros jogavam “Stop” ou baralho, enquanto esperavam pelo show. Enquanto isso, também rolava um excelente repertório da Kiss FM, com vários clássicos do rock.

Por volta das 19:00hs, entra no palco a banda de abertura. Que era ninguém mais, ninguem menos que Lauren Harris, Filha de Steve Harris, o baixista do Iron. Ela é gata, os caras da banda dela tocam bem, eles tem boa vontade, Ela tem certa presença de palco, tentou agitar a galera com seu Hard Rock, mas tipo… o vocal da mina é muito fraco… deixou bastante a desejar… ela é uma Cindi Lauper com dor de garganta! No fim das contas ela pediu que acessassem o mySpaces dela e a galera pedia por Iron Maiden. Uma troca justa talvez… A abertura durou bem pouco por volta de 27 minutos. Logo depois da abertura teve uma chuva do caralho que rolou exatamente durante o intervalo entre a abertura e o show do Iron… Mas nem a chuva foi capaz de desanimar a galera. Nessa hora, praguejava se contra São Pedro e os filhos da mãe das cadeiras cobertas.

Por volta das 20:00hs, a chuva cessa e começam a exibir nos telões videos da Turnê Somewhere Back in Time (para quem não sabe, a turnê atual do Maiden). ainda com as luzes apagadas, ouvia-se Transylvania. Era o Iron Maiden aparecendo para o público paulista!

Começaram com uma verdadeira paulada! Aces High, do disco Powerslave, de 1984. Conforme a banda ia tocando, o fundo o palco ia mudando, pra imagens das capas dos discos e singles. Muito animal! Com destaque pra “The Trooper”, que o Bruce Dickinson apareceu com uma farda vermelha de soldado inglês, e agitando duas bandeiras da grã-bretanha. Durante Iron Maiden, apareceu o mascote da banda, Eddie the Head, fazendo o público delirar. Esse show foi realmente muito especial, pelo fato de tocarem músicas que eu nunca imaginaria vê-los tocando ao vivo, como Powerslave, Rime of the ancient mariner e Moonchild.

Então houve uma pequena pausa, e logo voltaram para o Bis, que tocaram nada mais nada menos que Moonchild, The Clairvoyant e Hallowed by Thy Name. às 22:00hs Tinhamos então o final da apresentação. Definitivamente um show memorável.

Houve muito marmanjo chorou com o show… foi muito foda… quem não foi perdeu! mas talvez tenham uma chance ano que vem… o Bruce Dickinson prometeu voltar com uma produção muito mais foda ainda, com fogos, explosões e o caralho a 4. A apresentação do Iron Maiden é algo inexplicável… É um Feeling que só estando lá para saber. Uma verdadeira volta no tempo, pra te fazer lembrar de quando você tinha 15 anos e mataria alguém para estar num show do Iron Maiden. Agora é cruzar os dedos e aguardar o retorno deles, no ano que vem.

Vai aí o Set-List pra quem não foi, saber o que perdeu! Não necessariamente nessa ordem, mas algo bem parecido com isso

– Aces high
– 2 minutes to midnight
– Revelations
– Trooper
– Wasted years
– The number of the beast
– Can I play with madness
– Rime of the ancient mariner
– Powerslave
– Heaven can wait
– Run to the hills
– Fear of the dark
– Iron Maiden

Bis:
– Moonchild
– The clairvoyant
– Hallowed be thy name

Anúncios
comentários
  1. vanhalenbr disse:

    Cara muito boa essa analise, que eu posso dizer, FOI O MELHOR SHOW DA MINHA VIDA !!!! E como você postou ano que vem eles voltam e com um show maior e nesse farei de tudo para conseguir ver mais uma vez

  2. baraldi disse:

    muito boa resenha, bastante passional também… hehehe

  3. Diego disse:

    Caras… só quem esteve lá pra saber como foi… Foi melhor do que eu esperava.

    Engraçado era vc ver gente de todo canto lá. Tinha um grupo que era de Campina Grande, na Paraiba!!! Meu primo falou que viu gente do Amazonas, do Pará e até da Bolivia…

    Acho que ver o Iron Maiden é a unica maneira de fazer um true headbanger chorar…
    hehehehehehehehe

  4. Diego disse:

    Falando isso… Onde é que vc ficou Romolo? Meu cel ficou sem crédito e tinha pouca bateria… por isso non consegui ligar pra vc…

    Eu fiquei um pouco à frente da mesa de som… peguei uma visão boa do palco até.

    Meu primo foi pra fila no sábado… conseguiu pegar a grade! hehehe

  5. vanhalenbr disse:

    Eu te liguei.. mas dava fora de área, fiquei do lado direito um pouco atrás da torre central, é bom por que era perto do telão da torre e ali estava sussa pra curtir pular e tal, tinha espaço enquanto o resto se matava no meio

  6. Elaine disse:

    Esse show foi insano!
    Pena que não teve ” Phantom of the Opera “, nem ” Seventh Son of a Seventh Son”, mas não posso reclamar pois o repertorio estava foda.
    A chuva foi boa tb….
    O zé ruela ao meu lado, quase capotando de tanto fumar maconha e beber cerveja foi o ponto baixo do show. Se desse eu chutava o maldito.

    Mas foi foda!!!!!
    Ano q vem estou lá de volta

  7. Diego disse:

    Nossa, Elaine … quando eu li “Zé ruela ao meu lado”, por um instante tive a impressão que você estava falando do Romolo, já que ele também estava ao seu lado… hehehehe

    Pra mim a chuva foi um ponto fraco do show… não pela chuva em si, pq tava um calor da porra e ela ajudou a refrescar… Mas sim pelo fato que eu uso óculos. Com o óculos molhado eu não enxergava nada… Daí o calor que subia da pista embaçava meu óculos e eu enxergava menos ainda… Também não podia limpar o óculos com a camiseta pq ela tava encharcada. então acabei perdendo uns 10% do começo do show…

    Fora isso só lamento eles não terem tocado nada do Killers, como Wratchild, Killers ou Murders in the Rue Morgue. Iria acrescentar bastante ao show.

    Ano que vem estaremos lá… fazendo a cobertura oficial para o blog! heheheheh

  8. vanhalenbr disse:

    ehehhe olha a Elaine sujando minha imagem… bem o Zé ruela não era eu não.. era um zé ruela mesmo chapado e bem louco e que agente estava pensando quando ia ser que ele iria cair

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s