Sexo com robôs ?

Publicado: 15 fevereiro, 2008 por Daniel Simões em Internet

Em meados deste século, fazer sexo com uma mulher fatal eletrônica ou com um robô superdotado e conversar com o parceiro depois não é uma idéia tão despropositada como pode parecer. Assim pensa David Levy, autor de “Sexo com os Robôs: a Evolução das Relações entre Humanos e Robôs”.

“Imaginem: sexo à vontade, as 24 horas, os sete dias da semana – anima-se o autor – nem todos, no entanto, compartilham esta visão de um futuro na qual os humanóides seriam fonte de prazer”.

O que para Levy representa uma vida sexual desenfreada sem sentimento de culpa e livre do contágio de doenças sexualmente transmissíveis significa para outros um pesadelo desesperador.

“Parece descabido pensar que seres humanos vão se relacionar com robôs”, afirma a sexóloga americana Yvonne K. Fulbright, embora reconheça que os robôs sexuais têm lugar no mercado.

“Há um verdadeiro problema com os robôs sexuais: as pessoas se sentirão fracassadas se esta for sua única solução”, adianta.

Fonte: Folha informática.

Anúncios
comentários
  1. baraldi disse:

    Bom, eu acho que o sentimento de fracasso já existe em todos em maior ou menor escala, afinal nunca tem exatamente aquilo que se deseja, talvez porque se deseje sempre o inalcançável.
    No caso dos robôs, acredito que algo que contribuiria para tal sentimento de fracasso seria justamente o fato de serem humanoides, pois a relação se basearia na busca por um modelo feminino ou masculino que nunca seria perfeitamente atingido, o que se assemelharia a situação atual.
    No entanto, superada a necessidade de um modelo humanóide acho estariamos livres para buscar algo que, por exemplo, nos proporcionasse mais prazer que uma genitária valendo-se de um controle e movimentos que esta não consegue executar com uma forma qualquer, de uma guitarra por exemplo… hahaha

  2. Isaac Asimov ainda vive entre nós…

  3. Diego disse:

    taí um novo nicho de mercado: os cyber-puteiros…

  4. baraldi disse:

    Ora, e quem garante que com o advento dos cyber-puteiros não surgiriam as cyber-doenças, as DDT (doenças digitalmente transmissiveis), lembrando que o HIV provavelmente surgiu da relação homem-macaco imagina que acontecerá se nos infectarmos com um vírus de computador… hahaha

  5. Diego disse:

    Verdade…

    você trepa com um robô e fica com um trojan entalado no rabo. quando você peidar o seu pinto apodrece e cai.

  6. vanhalenbr disse:

    Bem eu não sei quanto a fazer sexo com robôs mas existem algumas “bonecas” voltadas ao entretenimento masculino que são muito perfeitas e são chamadas de Real Dool

    Tem info na WikiPedia em http://en.wikipedia.org/wiki/Real_Doll e se tem gente que paga U$10 mil para ter uma boneca desta, não me espantaria em ver uma evolução delas a um modelo com recursos mecânicos que tornasse tudo mais real

    Pronto ai já teríamos sexo com robôs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s