Petição contra formatos proprietários no HTML 5

Publicado: 21 janeiro, 2008 por Victor em Internet
Tags:, , , , , , ,

Venho, através desse artigo, convidar a todos que votem contra a troca de formatos abertos para formatos proprietários de codificação/decodificação de áudio e vídeo no futuro padrão HTML 5.
A petição está disponível em: http://www.petitiononline.com/lortow3/petition.html

O padrão HTML 5 foi proposto por Mozilla, Opera e Apple para a W3C (organização que regulamenta os padrões da Web), justamente três empresas que fabricam navegadores que gostam de seguir os padrões da Web. Essas organizações criaram um site que explica melhor as idéias do futuro HTML: http://www.whatwg.org/
Infelizmente, Nokia e Apple querem embutir no HTML 5 algo que é protegido por patentes e requer pagamento para uso. Por isso a petição foi aberta.
Abaixo, uma tradução livre feita por mim do texto que se encontra na petição, para facilitar a leitura de quem engasga no Inglês:

—– corte aqui —–
Esta carta é o resultado da atividade recente da Nokia e Apple para mudar os codecs (codificadores/decodificadores) padrões de áudio e vídeo de Ogg/Theora+Vorbis para H.264/AAC, no futuro padrão HTML5. Nokia mostrou sua posição em uma carta aberta, mencionando o uso de tecnologias proprietárias no formato Ogg e a incapacidade de embutir DRM (proteção de direitos autorais). Mas os padrões H.264 e AAC têm seus diretos protegidos e requerem pagamentos para uso (royalties); em contrapartida, os codecs Ogg/Theora+Vorbis não requerem pagamentos para uso e têm uma patente que provê proteção contra as empresas que querem “vender ar”.
A qualidade de compressão dos codecs Ogg/Theora+Vorbis estão no mesmo nível dos H.264/AAC e, em alguns casos, são melhores.
Com essa petição pedimos que você escolha Ogg/Theora como os codecs multimídia padrões no padrão HTML.
—– corte aqui —–

É importente ressaltar que, caso se torne PADRÃO, seremos obrigados a utilizar codecs que requerem pagamentos para que possamos ler de maneira correta páginas no formato HTML5. É MUITO importante que padrões sejam abertos/livres, afinal, são PADRÕES!
Temos que brigar não só pelo uso de software livre, mas também para que sejam criados padrões abertos, para que softwares (livres ou não) possam interoperar com qualidade, sem restrições.

Post copiado descaradamente de Planeta.UbuntuBrasil.org

Anúncios
comentários
  1. vanhalenbr disse:

    Interessante notar que o padrão AAC não redenrá royalities a Apple, mesmo que ela o defenda, são outros motivos

    O Codec AAC é uma tecnologia da Dolby e não da Apple ou Nokia, acho melhor mesmo usar um padrão mais difundido como o AAC ao inves do OGG que nunca decolou

  2. vanhalenbr disse:

    Não sei o motivo, mas os roylities do AAC é da Dolby, se o texto diz que a Apple defende, não faria sentido ela defender um padrão de outra empresa, ela paga para cada iPod vendido para usar esta tecnologia a Dolby

  3. Daniel Simões disse:

    Petição assinada !!

  4. baraldi disse:

    Bom eu voto porque qualquer coisas que queira fazer a web, de alguma forma, proprietária fere os próprios princípios da sua existência. Mas de fato não sei como tal mudança influiria na minha vida, já que não tenho ipod, não uso quicktime – siquer devo ter o pluggin dele para firefox, ouço mp3 e a maioria dos filmes que vejo são em DivX. Se o formato OGG não decolou, para mim ele simplesmente passou despercebido, falha minha talvez.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s